ACTUALIDADE – Mulher que ateou um dos incêndios de Domingo diz que...

ACTUALIDADE – Mulher que ateou um dos incêndios de Domingo diz que «queria ver a actuação dos bombeiros perto da sua habitação»

A mulher que foi detida, pela Polícia Judiciária, por suspeitas de ter ateado o fogo que deflagrou, no Domingo, no distrito de Castelo Branco, está em prisão preventiva. Foi esta a medida de coacção aplicada após o primeiro interrogatório. A mulher, de 50 anos, terá admitido à PJ que ateou o incêndio com recurso a um isqueiro «porque queria ver a actuação dos bombeiros perto da sua habitação», admitindo «um fascínio por chamas», avançou o Correio da Manhã. Recorde-se que o fogo começou na localidade de Vale do Coelheiro, no distrito de Castelo Branco, chegando até ao concelho de Vila Velha de Ródão e agora está activo já na área territorial de Portalegre, precisamente em Nisa.