ACTUALIDADE – Candidatura da TAGUS para criação de plataforma de e-commerce está...

ACTUALIDADE – Candidatura da TAGUS para criação de plataforma de e-commerce está aprovada

A TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior recebeu, no passado dia 15 de abril de 2021, parecer favorável da Autoridade de Gestão do Programa de Desenvolvimento Rural PDR2020 para a criação de uma plataforma de comércio online “O Ribatejo Interior em sua casa”. Foi em agosto de 2020, que a associação de desenvolvimento local apresentou uma candidatura à operação 10.2.1.4 – cadeias curtas e mercados locais, da medida 10 – abordagem LEADER, do PDR2020, ciente das dificuldades que os pequenos produtores locais de Abrantes, Constância e Sardoal enfrentam no escoamento das suas produções, sobretudo quando se viram privados de comercializar os produtos através da participação em feiras onde habitualmente marcavam presença e as lojas, mercearias e estabelecimentos de restauração, espaços privilegiados para escoar os produtos, foram encerrados devido à pandemia COVID-19.

Dado o aparecimento de novas estratégias de comercialização e com a expansão das vendas online, a TAGUS reconhecendo a qualidade dos produtos do Ribatejo Interior mas sabendo que isoladamente os esforços dos pequenos produtores para alcançar potenciais clientes por esta via são demasiado grandes, candidatou-se para apoiar os produtores que atuam na sua área de intervenção no escoamento das suas produções por e-commerce, fomentar o contato entre quem produz e quem consome, tornar os produtos mais acessíveis a qualquer parte do país e, desta forma, contribuir igualmente para o desenvolvimento da economia local, um dos seus desígnios.

A plataforma eletrónica “O Ribatejo Interior em sua casa” foi aprovada com um investimento elegível de 31.160,82 euros, financiada pelo PDR2020 a 77%. O seu desenvolvimento será faseado em quatro etapas, até junho de 2023, conforme estipulado em sede de candidatura, ou seja: a primeira fase inclui a conceção de plataforma de e-commerce; a segunda refere-se à sua operacionalização com o estabelecimento de contatos com os produtores locais e a preparação de um plano de comunicação; a terceira etapa, de implementação, contempla a apresentação pública da plataforma de comércio online; e, por último, a quarta diz respeito à gestão e manutenção contínuas que serão necessárias realizar após o seu lançamento. Integrada na estratégia territorial da Associação de Desenvolvimento Local, de valorização e promoção do que é produzido no Ribatejo Interior, a plataforma de comércio “O Ribatejo Interior em sua casa” surge no âmbito do DLBC Rural (Desenvolvimento Local de Base Comunitária), do PDR2020,inserido no Portugal 2020,co-financiado pelo FEADER – Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural.