ACTUALIDADE – Agrocluster Ribatejo integra consórcio europeu para o desenvolvimento do sector...

ACTUALIDADE – Agrocluster Ribatejo integra consórcio europeu para o desenvolvimento do sector agroalimentar

AgriRenaissance – “Innovation-driven agri-food sectors for a European industrial renaissance”. Assim se denomina o projeto europeu que o Agrocluster Ribatejo integra e que pretende promover o desenvolvimento de toda a cadeia agroalimentar em cinco regiões da Europa. O projeto, financiado pelo programa de financiamento europeu Interreg EUROPE, é liderado pelo Governo regional da La Rioja – Espanha, e tem como parceiros, para além do Agrocluster Ribatejo, o CTIC – CITA Logronho – Espanha, o Ministério da Agricultura da Lituânia – Lituânia, a Agência para o Desenvolvimento da região da Mazovia – Polónia, o Governo Regional de Varsóvia – Polónia e a Região da Calábria – Itália.

Na génese deste projeto está a necessidade de revitalização do setor agroalimentar sentida por parte da região espanhola de LaRioja e a consequente união deste Governo regional ao CTIC-CITA, como centro de desenvolvimento tecnológico de referência nesta região, para o desenvolvimento de um projeto que procurasse resolver este défice. O projeto, que representa cinco regiões europeias – La Rioja (Espanha); Vilnius (Lituânia); Mazovia (Polónia); Calábria (Itália) e Centro (Portugal) – valoriza, assim as sinergias entre estas regiões de modo a potenciar o desenvolvimento de toda a cadeia agroalimentar, em consonância com os objetivos da nova política industrial Europeia. O projeto visa, assim, influenciar e contribuir para a elaboração das políticas europeias, nomeadamente na construção das futuras oportunidades de financiamento europeu, abordagem que facilitará o aparecimento de novas cadeias de valor intersetoriais, bem como a geração de redes de cooperação nas regiões, e evitando duplicações no investimento em I&D.

Os objetivos do projeto passam por aumentar os recursos de investigação e inovação, melhorando as infraestruturas e competências, estimular a colaboração público-privada para alcançar a excelência em I&D, e hibridizar o setor agroalimentar com outros setores industriais a nível
regional e da UE, capitalizando competências e infraestruturas complementares de D&I de modo a permitir o aparecimento de novas cadeias de valor transfronteiriças e intersetoriais. O acordo de subvenção do projeto, que tem a duração de quatro anos, foi assinado por todos os parceiros numa cerimónia que decorreu na região de LaRioja, em Espanha, em setembro passado, sendo que está prevista para janeiro a reunião de stakeholders da região Centro com vista à elaboração do Plano de Ação Regional para esta região.