ABRANTES – Rui Mesquita foi apresentado como candidato do PSD à Câmara...

ABRANTES – Rui Mesquita foi apresentado como candidato do PSD à Câmara Municipal

A Comissão Política de Secção do Partido Social Democrata (CPS/PSD) apresentou os candidatos que passaram a encabeçar as listas concorrentes à Assembleia Municipal e Câmara de Abrantes. Como já havia sido anunciado, e após a saída de António Castelbranco, a lista à Assembleia Municipal passou a contar com João Salvador Fernandes, como candidato à sua presidência, e a lista à Câmara passou a ser encabeçada por Rui Mesquita.

Antes dos novos candidatos tomarem a palavra, o presidente da CPS do PSD de Abrantes, Rui Santos, fez questão de agradecer todo o trabalho e empenho que António Castelbranco efetuou quando esteve à frente da candidatura “Abrantes Viva” e garantiu que todas as listas se encontram fechadas. Para além disso, Rui Santos justificou a escolha dos novos cabeças de lista com o facto de conhecerem o projecto, o concelho e querem devolver a vida ao concelho. Antes de terminar, Rui Santos deixou algumas questões à atual gestão autárquica, nomeadamente qual a sua posição em relação ao mercado municipal, ao Tejo ( poluição, açude e escada passa peixes), à carta educativa e quais os empresários que se instalaram e criaram empregos em Abrantes nos últimos 4 anos.

Ao tomar a palavra, o novo candidato à presidência da Assembleia Municipal, João Salvador Fernandes, não só agradeceu o convite como anunciou duas medidas do programa autárquico: a criação do projecto gerir melhor e optimizar como forma de apoio às colectividades, aos jovens e à fixação da população, e a criação do projecto Viajar em Abrantes, que tem por objectivo a internacionalização do Município e a geração de emprego. Por sua vez, Rui Mesquita, atual candidato a Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, além de agradecer o convite, reafirmou estar totalmente integrado no projecto e querer tornar o concelho, num concelho mais seguro, com mais população, com mais investimento, com mais turismo e com o regresso à tipologia de ” Cidade Florida “. Integrado num projecto em que se revê totalmente, Rui Mesquita garantiu ter toda a liberdade para tomar as suas decisões e que nenhum investimento camarário será superior a 2 milhões de euros caso seja eleito. O atual candidato à câmara garantiu ainda que tem por objectivo criar entre 1000 a 1500 postos de trabalho, espalhados por todas as freguesias do concelho, caso seja eleito. A conferência terminou com o anúncio dos nomes que compõem a lista candidata à vereação.