TOMAR – Sismo fictício provocou vítimas no antigo Colégio feminino. Bombeiros e...

TOMAR – Sismo fictício provocou vítimas no antigo Colégio feminino. Bombeiros e Unidade Especial de Polícia no resgate dos atingidos

Nesta sexta-feira, o edifício do antigo colégio feminino, na rua de Santa Iria, foi palco para um exercício dos Bombeiros de Tomar, dos Sapadores de Coimbra e da Unidade Especial de Polícia que teve por objectivo treinar o processo de resgate de vítimas que estavam no interior daquele imóvel e que foram apanhadas pelo colapso de estruturas devido a um sismo que atingiu Tomar. Este conjunto de operações não passou despercebido a quem passava no local, principalmente quando entraram em acção os binómios da Polícia de Segurança Pública, ou seja, com o recurso a cães devidamente treinados para encontrar vítimas que estavam no local. Este exercício, que se estende por vinte e quatro horas, faz parte do programa definido para o mês da Protecção Civil. No local, a Hertz falou com o Comandante Carlos Gonçalves, dos Bombeiros de Tomar, que fez um ponto de situação sobre esta ocorrência e ainda em relação ao que está perspectivado.