TOMAR – Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira: 29 anos de vida...

TOMAR – Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira: 29 anos de vida com festival de folclore

É já neste sábado (dia 22 de Abril) que Alviobeira vai receber mais um festival de folclore inserido no 29º aniversário do Rancho em que, pelas 18H00, farão a recepção de boas-vindas aos ranchos convidados. De Vila Nova de Sande- Guimarães chegará o rancho convidado, agregado ao seu Centro Social.

Foi fundado 1978, sendo um dos grupos do concelho de Guimarães mais consagrados, pela forma simples e fiel com que retrata o passado, os seus usos e costumes, ou seja as suas tradições, fazendo-o sempre com o máximo respeito pelas mesmas. Percorreu o País de Norte a Sul, actuando nos melhores Festivais levados a cabo a nível nacional, como por exemplo o Festival Nacional de Folclore do Algarve em 1986 e em 1996, actuando também na bela ilha da Madeira; no estrangeiro teve oportunidade de actuar em vários países, como por exemplo Espanha (Barcelona e Galiza), França (Norte e Centro), Mónaco, Viena Áustria, Alemanha (Dortmund), Hungria (Debrecen) e Brasil (Várias cidades do Rio Grande do Sul). Organiza anualmente um Festival Internacional de Folclore e participou em diversas exposições de trajes a nível nacional. Mais abaixo e da região de Coimbra o Rancho Folclórico de Eira Pedrinha, Condeixa nova será outro dos convidados; fundado em 1983, como Rancho Folclórico Infantil da Comissão de Melhoramentos de Eira Pedrinha. Em 2003, o Rancho formou estatutos próprios e adoptou o nome de Rancho Folclórico e Etnográfico de Eira Pedrinha.

Ao longo destes anos passados, o agora Rancho Folclórico e Etnográfico de Eira Pedrinha tem feito inúmeras actuações por todo o Portugal, quer em Festivais de Folclore, quer em Festas e Romarias e tem ainda duas actuações na Alemanha, em 1990 e em 2001, uma deslocação à ilha da Madeira em 2005, em 2008 uma deslocação ao Luxemburgo nas comemorações do dia de Portugal de Camões e das Comunidades Portuguesas e em 2009 uma deslocação à Bélgica, mais concretamente a Rochefort e Wellin. Daqui bem perto e da terra de Nuno Álvares Pereira, da Casa do Povo de Cernache do Bonjardim virá o seu rancho; que foi fundado em 1983.É filiado na Federação do Folclore Português. Ao longo dos anos foi-se afirmando, sendo hoje um fiel representante dos usos e costumes da sua região (Sul da Beira Baixa) e época que representa (Finais do Século XX, inícios do Século XX). Já participou em diversos festivais em Portugal continental e ilhas (Açores e Madeira) e alem fronteiras (Brasil, Espanha, França, Suiça, Alemanha, Itália, Republica Checa, Lituânia).É organizador de um grande festival Nacional e Internacional de Folclore. E por último do Freixial – Leiria o Rancho Folclórico do Freixial encerrará a noite de folclore que terá lugar nas instalações do Centro Recreativo.

Este Rancho Folclórico do Freixial é uma Associação Cultural e Recreativa, com sede no Freixial, freguesia do Arrabal e concelho de Leiria foi fundado em Março de 1978 e reconhecido como Instituição de Utilidade Pública em Janeiro de 1991. É membro da Federação do Folclore Português e é sócio fundador da Associação Folclórica da Região de Leiria/ Alta Estremadura. Tem desenvolvido um trabalho notável, no que diz respeito à cultura, na freguesia onde está inserido, nomeadamente através da recolha etnográfica na freguesia do Arrabal, levando a efeito “Jogos Florais” para empenhar as crianças na preservação da nossa identidade cultural, promovendo vários cursos de música dos quais se destacam o de guitarra e de acordeão, organizando periodicamente o Cortejo de Carnaval desta freguesia e Intercâmbios Nacionais e Internacionais de Folclore. Em 2002, conseguiu concretizar um grande sonho: O Museu. António Freitas