TOMAR – PSD pede auditoria ao Departamento de Obras Municipais e reafirma...

TOMAR – PSD pede auditoria ao Departamento de Obras Municipais e reafirma estranheza com o silêncio em torno da demissão de Rui Serrano

O clima de suspeição continua a envolver a Câmara Municipal de Tomar. Depois de aprovada uma auditoria à Divisão Financeira, por iniciativa dos Independentes, eis que está nova proposta em cima da mesa, desta feita do Partido Social-Democrata. Beatriz Schultz, agora em substituição do vereador António Manuel Jorge – que pediu suspensão por seis meses – apresentou um pedido de auditoria ao Departamento de Obras Municipais, não deixando, no texto introdutório, de recuar ao passado e reafirmar a estranheza pela demissão de Rui Serrano… e pela falta de explicações: «Constatamos que nos últimos tempos têm sido levantadas dúvidas e suspeições sobre obras realizadas no Município. Acresce a essa circunstância o facto de o anterior vereador que tinha a seu cargo a área do urbanismo, Rui Serrano, ter apresentado a sua demissão, nunca esclarecida pela presidente da Câmara de Tomar. Desta forma, em nome do princípio da transparência, e para cabal esclarecimento das matérias relacionadas com as obras municipais e particulares, requere-se uma auditoria, por entidade externa, ao departamento de obras municipais e à divisão urbanística, incluindo o antigo departamento de gestão de urbanística, sendo que essa auditoria terá um início ainda a definir e com final a 31 de Dezembro de 2016».

Screenshot_6
Screenshot_6
loading...