TOMAR – PSD e PS continuam a trocar acusações: Hugo Cristóvão acusa...

TOMAR – PSD e PS continuam a trocar acusações: Hugo Cristóvão acusa Beatriz Schulz de ofender presidente da Câmara nas redes sociais

Partido Socialista e Partido Social-Democrata andam de posições extremadas. A cada reunião da Câmara de Tomar surge polémica e acusações de parte a parte sendo que nesta segunda-feira, para não fugir à regra, a discussão subiu de tom… com Anabela Freitas, presidente da autarquia nabantina, e a vereadora Beatriz Schulz, do PSD, pelo meio. Os sociais-democratas, pela voz de João Tenreiro, quiseram rebater o recente comunicado do PS. Disse o vereador que o texto em causa foi para ataque directo e pessoal» a Beatriz Schulz, considerando mesmo que estão em causa «formas de intimidação» e «tentativa de silenciar»: «Repudiamos o comunicado emitido pela Concelhia de Tomar do PS, que serviu para ataque directo e pessoal à vereadora Beatriz Schulz. Desde já declaramos que todos os eleitos do PSD, sem excepção, têm dirigido a sua conduta de forma dedicada, aplicada, assídua e atenta, numa oposição construtiva à actual governação PS/CDU. Mais surpreendidos ficámos quando na última reunião constatámos que esta governação se preocupa em ver, analisar e fiscalizar e censurar as publicações dos eleitos locais do PSD. Manifestamos o nosso repúdio a estas formas de intimidação. Esperamos que não tenha sido uma tentativa de silenciar o assunto que esteve na origem, que se prende com o pagamento de determinados montantes por decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria».

Hugo Cristóvão, vice-presidente da autarquia nabantina, não hesitou em apontar o dedo a Beatriz Schulz, acusando-a de «chamar todos os nomes» à presidente da Câmara: O respeito é devido e todos o exigimos… mas respeito é o que não tem havido por parte da sua colega (ndr: dirigindo-se a João Tenreiro para falar de Beatriz Schulz). Quem foi para as redes sociais insultar, chamar todos os nomes à presidente, chamar-lhe mentirosa, entre outras coisas… foi, de facto, a vereadora Beatriz Schulz. E é preciso dizer que aquilo que se diz em público tem de ser responsabilizado. Não se trata de lápis azul mas sim de ser responsável por aquilo que se diz. A senhora vereadora disse, inclusivamente, que o Partido Socialista está falido e precisa de uma agência para fazer campanha. Nós vemos quem é que anda a fazer campanha, quem é que já a começou e quem já tem outdoors e tudo. Primeiro presta-se respeito e depois exige-se».

Screenshot_6
Screenshot_6