TOMAR – Médica que presta serviço em Asseiceira, Paialvo e Sabacheira esclarece...

TOMAR – Médica que presta serviço em Asseiceira, Paialvo e Sabacheira esclarece que vai sair porque o contrato chega ao fim

Yamile Arango – a médica que presta serviço nas extensões de saúde de Asseiceira, Paialvo e Sabacheira – irá deixar as respectivas funções no final deste mês de Março porque o seu contrato chega ao fim e não porque queira abandonar, efectivamente, essa actividade. O esclarecimento foi remetido à nossa redacção, nesta sexta-feira, pelo Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, precisamente pela respectiva directora Sofia Theriaga. No texto, é sublinhado que a médica chegou a Portugal «em Setembro de 2014» ao abrigo do acordo entre o nosso país e Cuba, considerando-se que «cumpriu satisfatoriamente o tempo estabelecido pelo seu contrato e que irá regressar a Cuba no dia 2 de Abril». Entretanto, a Hertz remeteu um pedido de esclarecimentos ao ACES – que deverá ser oportunamente respondido – em torno desta situação. Em causa estão os esclarecimentos prestados por Bruno Graça, vereador da Câmara de Tomar, na recente reunião do executivo, altura em que o eleito da CDU disse que esta saída se soube por «vias e travessas» e que «as pessoas do ACES, nomeadamente a directora Sofia Theriaga, ficaram surpreendidas». Ou seja, existindo um contrato que termina, então, no final deste mês, importa perceber porque razão é que houve lugar a esta «surpresa» com a saída da profissional.

Screenshot_6
Screenshot_6