TOMAR – Fogo do Alto do Piolhinho é o que maior número...

TOMAR – Fogo do Alto do Piolhinho é o que maior número de meios mobilizou, no distrito, durante 2017. E há suspeitas de mão-humana (c/vídeo)

O incêndio que ocorreu, na tarde desta quinta-feira, no Alto do Piolhinho, na área da freguesia urbana de Tomar, foi aquele que maior número de meios mobilizou, em 2017, no que ao distrito de Santarém diz respeito. Segundo indicações da Autoridade Nacional de Protecção Civil, houve registo para a presença de cerca de quarenta operacionais, apoiados por onze veículos, de entre os quais autotanques. Para além da óbvia presença dos bombeiros nabantinos, houve registo para a ajuda das corporações de Caxarias, Constância, Ferreira do Zêzere, Ourém e Vila Nova da Barquinha. O fogo, esse, começou de forma inexplicável, o que por si quer dizer que deverá ter existido mão humana, restando apurar se intencional ou na sequência de alguma desatenção. As autoridades vão investigar alguns indícios que podem explicar o que, de facto, aconteceu. Importa recordar que as chamas obrigaram ao corte da estrada que liga o Alto do Piolhinho às Cabeças e ainda ao reboque de alguns viaturas que se encontravam estacionadas nas imediações. A Hertz marcou presença no teatro de operações e falou com Carlos Gonçalves, Comandante dos Bombeiros de Tomar, que fez um ponto de situação desta ocorrência.

Screenshot_6
Screenshot_6