TOMAR – Casa Memória Lopes Graça: vida e obra do compositor ganham...

TOMAR – Casa Memória Lopes Graça: vida e obra do compositor ganham mais vida em dia de reconhecimento a Rui Costa (c/vídeo)

Foi assinado formalmente, neste sábado, o protocolo de colaboração entre o município de Tomar/Casa Memória Lopes-Graça e a Associação Lopes-Graça. Foi numa cerimónia que decorreu na Casa Memória dedicada ao maestro e compositor tomarense. Na ocasião foi ainda formalizada a Associação dos Amigos da Casa Memória Lopes-Graça que envolve as três entidades e inaugurada uma exposição sobre a vida e obra do maestro e compositor. O protocolo contou com as assinaturas de Modesto Navarro, presidente da Associação Lopes Graça, de Simão Francisco, presidente da direcção da Canto Firme, e Anabela Freitas, presidente do município de Tomar. A anteceder as assinaturas do protocolo destaque para a intervenção de Modesto Navarro, presidente da Associação Lopes Graça, que deu conta dos objectivos da associação, que passam por realizar trabalho sobre a vida e obra de Lopes Graça.

Simão Francisco, presidente da Associação Canto Firme – Associação de Cultura, recordou que há 37 anos a instituição tem enaltecido Lopes Graça através de inúmeras actividades desenvolvidas pela associação, desde logo pelo coro. Já Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, recordou aquela que é razão central da participação do município neste protocolo, ou seja a necessidade de educar as gerações mais novas no conhecimento da obra do maestro e compositor tomarense.

«Tarde é aquilo que nunca vem». Foi desta forma que Rui Costa assinalou o descerramento da placa alusiva à doação feita pelo próprio ao Município de Tomar. Está em causa o imóvel que se assume, hoje, como a Casa Memória Lopes-Graça, estrutura situada na rua dr. Joaquim Jacinto. O benemérito Rui Costa doou o edifício em 1999 mas foi necessário esperar dezoito anos até que algum dos eleitos que passaram pela presidência da Câmara de Tomar se “lembrasse” de cumprir uma deliberação bastante simples à primeira vista. O acto simbólico – de enorme significado – decorreu na tarde do último sábado, antecedendo a assinatura do protocolo entre o município, a Associação Fernando Lopes Graça e a Canto Firme, para a promoção do ensino da vida e obra do compositor junto dos mais jovens.

Screenshot_6