ACTUALIDADE – Urgências de Abrantes e Santarém entupidas com macas. E se...

ACTUALIDADE – Urgências de Abrantes e Santarém entupidas com macas. E se acontecer um grande acidente (?), questionam os Enfermeiros

«As urgências dos hospitais de Abrantes e Santarém estão em áreas onde podem ocorrer grandes acidentes rodoviários» – face à proximidade com autoestradas – «e não podem ter corredores com macas por todo o lado». O alerta é de Helena Jorge, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses. Em declarações prestadas à Hertz, a enfermeira refere que, de quando em vez, as referidas urgências são sujeitas a picos de doentes aos quais os profissionais, com condições de trabalho longe do desejável, não conseguem dar resposta. E admite mesmo que há profissionais sujeitos a stress e ansiedade. Esta entrevista surge na sequência de um comunicado do Sindicato a alertar para a falta de condições no Hospital de Santarém onde, na última segunda-feira, estavam 45 doentes internados… para apenas dois enfermeiros. Por isso, Helena Jorge deixou o alerta em torno das urgências dos Hospitais de Abrantes e de Santarém:

Ficou novamente vincada a preocupação em torno da falta de condições de trabalho dos enfermeiros, sendo que Helena Jorge aponta o dedo ao Ministério da Saúde e considera que estes problemas têm origem na falta de resposta dos cuidados de saúde primários: